REVENDA DE BIJUTERIAS - PLANO DE NEGÓCIOS PARA LOJA

REVENDA DE BIJUTERIAS


O mercado de bijuterias atrai cada vez um númreo maior de pessoas atrás de boas oportunidades para iniciar o próprio negócio. A produção artesanal de colares, brincos e pulseiras é rápida e não exige grande investimento, mas dá muito trabalho e é preciso ter criatividade para montar um bom mostruário e principalmente esta atento as tendencias do mercado e versatilidade para atender clientes de todos os estilos.




Os novatos devem começar de vagar por isso é importante fazer análise de mercado antes de iniciar as atividades é recomendável  a elaboração de um mostruário teste amostral para ver o que o seu público alvo estará disposto a consumir. Nós temos a solução para você, pois trabalhamos com a marca FASHION JEWELRY  acompanhando tendências em todas as estações.


Para a elaboração de mostruário com 30 a 40 bijuterias, estima-se gasto de R$ 250. para compra de atacado de bijuterias Um mostruário com peças mais sofisticadas custa mais.


Segundo estudo do SEBRAE as bijuterias são vendidas facilmente e o profissional tem lucro certeiro.


O MERCADO
A crescente entrada de profissionais nesse mercado tem colaborado para engordar os lucros do setor. Dados do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM) mostram que o setor de bijuterias e folheados  registrou elevação desde 2004


O NEGÓCIO TEM QUE SER BEM ADMINISTRADO
Planejamento e gestão profissional apoiam empreendedores que desejam lucrar no concorrido mercado de bijuterias .
A venda bijuterias de porta a porta a chamada vendas diretas dão origem a grandes negócios se o profissional souber unir a criatividade ao talento para administrar as vendas vai longe.


Para abrir empresa, é preciso estar preparado para contratar funcionários e terceirizar serviços, sem deixar de lado a compra constante de novas peças de bijuterias, fundamental para o sucesso do empreendimento.


UM EXEMPLO DE PERSEVERANÇA
"Jerusa conta que começou a fazer as primeiras peças dentro do próprio quarto, quando cursava o último ano do colegial, em Belo Horizonte (MG). Vendia apenas para as amigas de classe. Quando foi para a faculdade, os pedidos aumentaram. 'Andava cheia de sacolas e depois de um tempo resolvi abandonar o curso para me dedicar somente às bijuterias.' Para atender à demanda, Jerusa contratou ajudantes e passou a trabalhar num barracão cedido pelo pai. Decidiu então abrir empresa, para poder emitir notas fiscais e aumentar o volume de negócios."


Para abrir uma empresa é fundamental fazer um plano de negócios, com detalhes sobre público alvo, produtos que serão vendidos, investimento necessário, prazo de retorno, entre outros itens.


CONHEÇA A NOSSA LOJA VIRTUAL CLIC AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário